Busca Livre de Imóveis

Condomínio

Incorporadoras poderão desenvolver obras e manter empregos, diz Secovi-SP

 

Presidente do Secovi-SP fez a afirmação depois que a Caixa anunciou medidas de crédito imobiliário nesta quinta-feira (9)

 

 

O presidente do Secovi-SP, Basilio Jafet, afirmou hoje que a contrapartida do setor de incorporação às medidas de crédito imobiliário anunciadas hoje pela Caixa Econômica Federal será não demitir durante a crise. Entre as medidas anunciadas hoje pelo banco público está a carência de 180 dias para pessoas físicas e incorporadoras começarem a pagar o financiamento referente a novos empreendimentos.

 

“A Caixa deu sua cota de participação para o Brasil atravessar este período difícil”, diz Jafet. Segundo o presidente do Secovi-SP, as medidas vão permitir que as incorporadoras tenham tranquilidade na continuidade dos empreendimentos, que compradores possam concretizar a aquisição dos imóveis, sabendo que existe carência para pagamento, e que seja evitada uma “crise do setor que poderia ser grande”.

 

“As empresas poderão desenvolver obras, manter empregos e dar continuidade às vendas”, diz Jafet, acrescentando que as medidas contribuirão para estimular a compra de imóveis por pessoas que não estão habituadas ao atendimento virtual. Desde 20 de março, os estandes de vendas estão fechados, na capital paulista, maior mercado imobiliário do país, devido à interrupção do acesso ao público nos estabelecimentos comerciais, por decreto do prefeito Bruno Covas.

 

Este conteúdo foi publicado originalmente no Valor PRO, serviço de informações em tempo real do Valor Econômico.

 

Fonte: Globo.com

Estamos à disposição, LIDERANÇA IMOBILIÁRIA LTDA.