Busca Livre de Imóveis

Condomínio

Crise da água do RJ: Confira as dicas de especialistas 

Cheiro de terra, gosto ruim e coloração escura, assim começou o ano de 2020 para os cariocas. A crise de água da Cedae já acontece há cerca de 1 mês e ainda não temos data para voltar ao normal. A causa é uma substância chamada geosmina, produzida quando há muita alga e bactéria na água. 

 

O diretor de Condomínio e Locação da Associação Brasileira das Administradoras de Imóveis (Abadi), Marcelo Borges, orienta “Esvaziar a caixa d’água e encher novamente com a mesma água não me parece uma medida inteligente”. 

 

Segundo o químico Rafael Almada, presidente do Conselho Regional de Química do Rio de Janeiro, em entrevista ao G1, enquanto o problema não tiver sido resolvido, é mais importante priorizar o uso de filtros de carvão ativado do que jogar fora milhares de litros d’água acondicionados nos reservatórios de condomínios e residências.

 

— Assim que a Cedae der algum retorno em relação ao prazo de colocação do carvão ativado no tratamento pode-se começar a pensar na limpeza das caixas.

 

Confira alguns alertas, de acordo com o g1, sobre a água:

 

A água turva é potável?

  • Se estiver transparente e com leve cheiro de terra, pode ser utilizada.

 

  • Se estiver transparente e com forte odor de terra, o melhor é não utilizar.

 

  • Se apresentar qualquer turbidez, o melhor é não utilizar.

 

  • Se apresentar coloração alterada, deve-se limpar o reservatório e observar antes de utilizar.

 

  • Se apresentar cheiro atípico, como de enxofre, produtos químicos etc., deve-se limpar o reservatório e observar antes de utilizar.

 

  • Se apresentar cheiro de cloro, pode ser utilizada. Mas se o cheiro estiver muito forte, deve-se deixar em repouso, pois o cheiro deve diminuir.
Estamos à disposição, LIDERANÇA IMOBILIÁRIA LTDA.