Busca Livre de Imóveis

Condomínio

Renda extra para condomínios: como obter mais recursos além do rateio mensal

Seja por conta da crise ou aliviar o caixa, ter mais dinheiro na conta do condomínio ajuda a diminuir a dependência do rateio mensal e a tocar projetos e obras para o bem de todos. Outro ponto positivo da renda extra para condomínios é reduzir os impactos da inadimplência condominial no final do mês, situação que prejudica as finanças de muitos empreendimentos.

Renda extra para condomínios: 3 dicas fáceis de aplicar

 

Aluguel para publicidade

Há diversas formas de garantir uma renda extra para condomínios por meio do aluguel de espaços para publicidade.

A primeira delas é o aluguel de fachadas do edifício. Se o seu condomínio fica em uma área de grande movimentação de pessoas e veículos, como em grandes avenidas ou próximo a rodovias, essa pode ser uma boa ideia para aumentar a receita mensal.

Outra opção é disponibilizar espaços menores na parte interna do condomínio para fixar anúncios. Por exemplo: colocação painéis ou até mesmo monitores que passam publicidade em vídeo nos elevadores, e a colocação de totens espalhados pelo terreno do empreendimento.

Seja qual for a solução considerada, o síndico deve agir de acordo com a convenção condominial e consulte os moradores em uma assembleia de condomínio. O síndico deve chegar à reunião com ao menos uma proposta em mãos, ajudando a esclarecer as vantagens para os moradores.

Outro ponto de preocupação é a legislação municipal. Diversos municípios do país possuem leis específicas contra a poluição visual, nos moldes da Lei Cidade Limpa, em vigor em São Paulo desde 2007. Assim, o síndico deve inteirar-se do que é permitido na sua cidade.

Locação para instalação de antenas

Outra forma de gerar renda extra para condomínios é disponibilizar a cobertura ou o terraço do edifício para que empresas de telefonia, TV, rádio e internet instalem antenas para ampliar o alcance do seu sinal.

Se o seu condomínio é alto e tem localização favorável para sinais de telecomunicações, existe uma grande chance de essas empresas se interessarem por um espaço na parte de cima do edifício. Atualmente, existem organizações especializadas que funcionam como uma espécie de classificados, facilitando o contato entre o condomínio e companhias interessadas em novos lugares para instalar suas antenas.

O lado bom dessa alternativa é que o condomínio não arca com praticamente nenhum custo, pois toda a instalação fica por conta do locatário. No entanto, é preciso atenção, pois o condomínio necessita do auto de vistoria do Corpo de Bombeiros em situação regular e deve apresentar o laudo de inspeção do Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA).

Assim como a disponibilização de espaços para publicidade, a instalação de antenas na cobertura só pode ser liberada mediante aprovação em assembleia. Infelizmente, não há legislação específica em relação ao quórum necessário para aprovar a medida.

Para se ter uma ideia do potencial dessa medida, um prédio em São Paulo recebe quase R$ 8 mil por mês com a locação do terraço para empresas de telecomunicação.

Venda de lixo reciclável e óleo de cozinha

Muitos condomínios brasileiros estimulam os condôminos a separarem o lixo corretamente. O que muitos síndicos e moradores não sabem, porém, é que isso pode ajudar a garantir uma renda extra para condomínios.

Devidamente separados e limpos, os diferentes resíduos sólidos recicláveis podem ser vendidos para cooperativas e empresas especializadas no reaproveitamento de materiais, como papel, plástico, vidro e metal.

A mesma ideia pode ser implementada para o descarte correto do óleo de cozinha. Há empresas que compram o óleo usado para fazer produtos de limpeza, como sabão e detergente. Nesse caso, além da venda, o condomínio pode fechar uma parceria, ajudando a economizar nos gastos com produtos para a limpeza de áreas comuns.

Restos de alimentos e plantas podem ser reaproveitados para compostagem, produção de adubos e até mesmo comercialização de mudas de plantas.

Por fim, outras possibilidades de renda extra para condomínios são:

•  Locação de áreas comuns ociosas:

salas e depósitos sem uso no condomínio podem ser alugados para condôminos que estejam procurando um lugar para guardar suas coisas. O mesmo vale para vagas de garagem que não são utilizadas e até mesmo áreas de lazer.

•  Reavaliação do quadro de funcionários:

trata-se, na verdade, de uma medida para reduzir despesas, e não para gerar renda extra para condomínios. Avalie periodicamente o trabalho dos funcionários e reconsidere as prioridades, como algum colaborador que faça muitas horas extras e sobrecarregue o caixa. Isso sem falar de soluções como a portaria remota, que permitem uma redução considerável em encargos trabalhistas.

Fonte: KIPER

Estamos à disposição, LIDERANÇA IMOBILIÁRIA LTDA.