Busca Livre de Imóveis

Notícias

Conta de água vai ficar 4,8% mais cara

Reajuste vale a partir de 1° de outubro. Conheça os vilões dos gastos e saiba economizar

Rio – Além de economizar na conta da luz, devido à manutenção da bandeira tarifária vermelha estabelecida pela Aneel para setembro, agora os moradores do Estado do Rio também terão que se preocupar com o consumo de água. A partir de 1º de outubro, as tarifas vão variar de R$ 4,55 a R$36,44, conforme gasto de cada registro. Os valores serão corrigidos em 4,8676% para o período de 2019/2020.

O reajuste foi divulgado ontem pela Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio (Agenersa) e a Companhia Estadual de Águas de Esgotos (Cedae).

Seguir dicas simples pode resultar na economia no consumo de água e na conta. Evitar desperdícios, como não deixar uma torneira com vazamento, usar desnecessariamente a descarga do vazo sanitário do banheiro e diminuir o tempo do banho, fechando o chuveiro enquanto o consumidor se ensaboa, são medidas que o professor de Direito Ambiental Rogério Rocco recomenda como hábitos diários.

No caso da torneira com vazamento, com pouco mais de uma gota por segundo, em média, o desperdício em um dia chega a 46 litros de água. Na descarga, o tempo de acionamento de seis segundos gasta de dez a 14 litros por uso. Em apartamentos, um banho de 15 minutos consome 243 litros de água. Reduzindo a cinco minutos, a economia chega a 162 litros.

ESCOVAR OS DENTES

Deixando a torneira aberta por cinco minutos, o gasto é de 12 litros de água em casa e de 80 litros em apartamento. Se fica aberta apenas para molhar a escova e se for usado um copo com água para enxaguar a boca, a economia é de 11,5 litros em casa e de 79 litros em apartamento.

LAVAR LOUÇA

Com a torneira meio aberta por 15 minutos há consumo de 117 litros de água em casa e de 243 litros em apartamentos. Por isso, ao lavar a louça, é recomendado que se limpe os restos de comida dos pratos e panelas e só depois abrir a torneira para enxaguá-los. A economia pode chegar a 20 litros de água.

LAVAR O CARRO

Durante 30 minutos com a mangueira e torneira não muito aberta, resulta em gasto de 216 litros de água. Com meia volta de abertura, o consumo é de 560 litros. Ao lavar o carro uma vez por mês com balde, gasta-se apenas 40 litros.

NA CALÇADA

Lavar calçada provoca prejuízos considerável. Em 15 minutos são perdidos 279 litros de água.

MOLHAR AS PLANTAS

Regar plantas por dez minutos com mangueira aberta consumo 186 litros de água. Usar um regador pode resultar em economia de 96 litros de água.

Fonte: O Dia – Economia, por Larissa Esposito, estagiária sob supervisão de Max Leone