Busca Livre de Imóveis

Dicas

Tudo sobre telhado verde

Todas as partes de uma edificação são importantes, porém a fundação e o telhado são as que mais merecem atenção. No caso da fundação, ela precisa ser bem projetada e executada, pois reparos depois de pronta causam extremo transtorno e custam caro. Já o telhado, além de bem projetado e construído demanda manutenção periódica. Com o telhado verde é possível usar essa necessidade de manutenção a seu favor, utilizando-o como partido arquitetônico, transformando a árida paisagem urbana em algo bem mais agradável, habitável e saudável.

Porém, como tudo, existem as vantagens e as desvantagens. Vamos falar um pouquinho sobre elas:

Vantagens do telhado verde

vantagens e desvantagens do telhado verde

Drenagem

Otimização da drenagem de águas pluviais, retendo boa parte da água, que lentamente é filtrada pelas camadas do telhado e finalmente captada pelos tradicionais sistemas de drenagem.

Do CO₂ ao O₂

Amigo do meio ambiente, transformando o gás carbônico em oxigênio melhorando assim a qualidade do ar.

Obviamente, os efeitos só são percebidos quando várias edificações o implementam.

Isolamento térmico

Excelente Isolamento térmico, tornando a temperatura interna da edificação menos sujeita às variações climáticas.

Beleza aliada ao conforto

Arquitetonicamente atrativos, transformando a árida paisagem urbana em algo mais agradável, habitável e saudável.

Se a cobertura permitir acesso de pessoas, podem ser estabelecidos caminhos e recantos por entre o jardim.

Desvantagens do telhado verde

impermeabilização para telhado verde

Custo elevado

Poucas empresas qualificadas para prestar um bom serviço, dessa forma seu custo acaba sendo mais elevado que o de sistemas convencionais.

Vale destacar que o valor empregado se amortiza somente após 40 anos.

Verde é diferente de sustentável

Apesar de verde pode não ser considerado sustentável, pois sua implantação e manutenção exigem gasto de muita energia e geração de resíduos.

Falta de incentivos

Falta de incentivos fiscais, tais como isenção ou diminuição do valor do IPTU.

Risco de infiltrações

Nos casos em que for mal instalado certamente ocasionará vazamento, e se não coberto por garantia terá um custo elevadíssimo para o reparo.

Vegetação deve ser bem escolhida

A escolha da vegetação precisa de cuidados importantes com vento e fogo.

No caso do vento as espécies selecionadas precisam resistir a sua ação, ou seja, plantas com folhas delicadas não são indicadas.

Quanto aos incêndios, pode parecer exagero, mas plantas muito verdes produzem água durante seu processo biológico, assim, quando muito aglomeradas e expostas ao sol, essa água chega a temperaturas altíssimas, que ao entrarem em contato com oxigênio podem iniciar a queima.

Cuidado para não sobrecarregar a laje

É necessário conhecer ou realizar ensaios de carregamento que especifiquem a sobrecarga que a laje da cobertura suporta. Em média, para essa laje, é adotada sobrecarga padrão de 300 kg/m.

Lembramos que o ideal é sempre contatar um profissional.

Nem todo telhado verde é igual!

vantagens e desvantagens do telhado verde

Consideradas as vantagens e desvantagens desse sistema resta falar sobre suas variações, que basicamente são duas:

Telhado verde intensivo

Possui camada mínima de 20 cm e suporta ampla variedade de plantas de porte médio.

Telhado verde extensivo

Possui camada mínima de 8 cm e trabalha apenas com forrações.

É bem mais barato, porém, pouco eficiente na absorção de água pluvial.

Dentre as diversas camadas que o compõem, a mais suscetível a danos é a da impermeabilização para telhado verde.

Por isso é importante contar com tecnologia de ponta como a da Fibersals que proporciona excelente desempenho mecânico, associada a baixíssima geração de resíduos e sobretudo com extensa garantia de 15 anos, oferecida por uma empresa dedicada exclusivamente à impermeabilização desde 1985.

Enfim, deixando o valor da implantação de lado, o telhado verde é uma excelente opção. Compartilhe conosco sua opinião!

Fonte: Fibersals