Busca Livre de Imóveis

Condomínio

Zelador e porteiro: quais as funções de cada um?

O elevador está com problemas: você chama o porteiro ou o zelador? Este tipo de dúvida é comum dentre os moradores de condomínios e, em alguns casos, até mesmo estes profissionais ficam em dúvida sobre quais as tarefas que são de sua responsabilidade. Entender qual é a função do zelador e o que é atribuição do porteiro poderá ajudá-lo a saber a quem recorrer em caso de problemas ou dúvidas.

Pensando nisso, listamos abaixo algumas das principais tarefas que competem a cada um deles:

 

Função do zelador

O zelador deve manter contato direto com o síndico e tratar alguns assuntos diretamente com a administração do condomínio. Como o próprio nome já diz, é ele quem zela pelo bom funcionamento das instalações elétricas e hidráulicas e pela boa disciplina no local.

Apesar disso, ele não pode tomar a iniciativa de realizar serviços sem autorização prévia do síndico do local. Caso ele seja um profissional terceirizado, as ordens devem partir da empresa através da qual ele foi contratado.

Dentre as principais atribuições do zelador estão:

  • verificar a limpeza e o bom funcionamento de elevadores e outros equipamentos de uso comum no condomínio;
  • ser responsável pela manutenção preventiva destes equipamentos;
  • encaminhar as reclamações dos moradores ao síndico;
  • controlar os horários de entrada e saída dos outros funcionários do local, além de distribuir as tarefas e fiscalizar o cumprimento delas. Providenciar os materiais necessários para a realização dos serviços também compete a ele;
  • montar, junto com o síndico, a escala de folgas dos funcionários.

Além disso, ele deve ter noção de prevenção a acidentes, contaminações por dengue e incêndios, e estar ciente de que carregar a sacola de compras para os moradores não está dentro das suas atribuições.

 

Função do porteiro

Parece redundante dizer que ao porteiro competem as funções de portaria, mas o fato é que muitos moradores confundem e acabam querendo responsabilizá-lo por obrigações do vigia ou segurança do condomínio, por exemplo.

Antes de “brigar” com o porteiro por algo que não aconteceu como o esperado, é necessário entender que as funções atribuídas e ele são:

  • observar os fatos ocorridos na portaria. A função policial de tentar combater ativamente a assaltos, por exemplo, cabe ao segurança;
  • receber e distribuir as correspondências aos moradores;
  • atender ao interfone e identificar visitantes e entregadores;
  • transmitir as reclamações recebidas ao zelador;
  • protocolar a entrada e saída de equipamentos para manutenção.

É necessário estar atento ao desvio de função visto que, muitas vezes, ele acaba executando tarefas que são atribuições do zelador ou do síndico.

Outro fator muito comum é o acúmulo de funções, tão nocivo quanto o desvio. Quem nunca soube de um zelador que “cobriu” as férias do porteiro e, além de suas funções, também cuidou da segurança da portaria? Apesar disso, a prática não pode ser tratada como normal e, muito menos, tornar-se recorrente.

Entendeu qual a função do síndico e do zelador? Se você ficou com alguma dúvida, fale com a gente nos comentários!

Fonte: Condlink